Sobre

Nosso objetivo é facilitar a aplicação estratégica de ferramentas de monitoramento e medição e/ou protocolos nacionais e internacionais sobre sustentabilidade, bem como desenvolver soluções inteligentes para publicação dos resultados, visado ao engajamento e empoderamento dos diversos stakeholders em prol da transformação social, ambiental e econômica.
Contribuir para a construção de um mundo sustentável.
SOLUÇÕES PARA RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE

O que é a sustentabilidade?

A primeira vez que se falou em sustentabilidade foi em 1986, quando um grupo de cientistas e especialistas, a pedido da Organização das Nações Unidas (ONU), realizou um estudo para entender como as atividades humanas estavam impactando a vida na Terra.
O trabalho, liderado pela médica e ex-primeira-ministra da Noruega, Gro Brundtland, chegou à conclusão inédita de que os recursos naturais do planeta Terra são limitados. E resultou em um livro chamado “Nosso Futuro Comum”, que apresenta a definição mais amplamente aceita do que é sustentabilidade: “É preciso que a economia humana seja capaz de suprir as necessidades das gerações presentes, sem comprometer a capacidade de as gerações futuras atenderem às suas próprias necessidades”.

Por que a sustentabilidade é tão importante?

Para saber um pouco sobre o impacto da humanidade no Planeta, a Global Footprint Network (GFN) calcula o Dia da Sobrecarga da Terra (ou Earth Overshoot Day), data em que a humanidade consome mais do que a natureza é capaz de regenerar naquele ano.
Em 2015, a marca foi registrada no dia 13 de agosto. E desde o ano 2000 o esgotamento tem ocorrido mais cedo (confira no quadro ao lado). Isso significa que se não houver mudanças no estilo de vida, será necessário um Planeta Terra e meio para suportar as demandas da população mundial.
Para evitar um colapso dos recursos naturais precisamos adotar uma postura mais responsável e condizente com a capacidade ecológica do Planeta. Países, cidades, empresas e pessoas podem e devem ser agentes de transformação para um futuro sustentável.

A sustentabilidade nos negócios

Diariamente, pessoas em todo o mundo tomam decisões que impactam positiva e negativamente as organizações e a região ao seu redor. E é a soma dessas decisões que definem o Planeta em que vivemos, ou seja, todos temos a oportunidade de melhorar as condições atuais e futuras do Planeta.
Jonh Elkington, empresário norte-americano e fundador da ONG “Sustainability”, estendeu a sustentabilidade aos negócios. Para ele, o lucro não deve ser o principal objetivo de uma empresa. O lucro é apenas uma parte essencial para que a empresa busque sempre cumprir a sua missão – objetivo principal da organização.
Assim, ele criou um novo conceito conhecido como tripé da sustentabilidade ou triple bottom line: “É preciso que os negócios sejam feitos levando-se em conta o equilíbrio entre os fatores ambientais, sociais e econômicos, e os resultados das empresas precisam refletir esse equilíbrio”.
Para enfrentar esse desafio, é necessário discutir e aprender sobre os impactos das empresas no meio ambiente, no mercado e na vida das pessoas, pois só assim é possível implementar novos modelos de negócios que gerem lucro e também valor para a sociedade.

A importância dos Relatórios de Sustentabilidade

Elaborar um Relatório de Sustentabilidade é a principal forma de compreender, concretamente, como uma organização é capaz de contribuir um futuro sustentável. Isto porque as metodologias permitem medir, comparar, analisar, planejar e gerir os impactos econômicos, ambientais e sociais, bem como compreender os desafios, riscos e oportunidades para o negócio.
O desenvolvimento dos relatórios evoluiu de práticas isoladas e experimentais (na década de 90) para o estabelecimento de padrões internacionais de relato adotados voluntariamente por milhares de empresas, de todos os portes e setores, inclusive organizações não governamentais.
O governo da França, por exemplo, tornou os relatórios de sustentabilidade obrigatórios no país. E a publicação desses documentos também contam pontos em mercados de ações, como na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA) e no Índice Dow Jones, que analisa as práticas adotadas pelas empresas que possuem ações na bolsa de valores, classificando-as como sustentáveis ou não.
Mas, além de uma ferramenta de gestão, os Relatórios são um instrumento de comunicação que têm como principais benefícios:
– Atender a crescente demanda por maior transparência.
– Prestar contas à sociedade e ao mercado.
– Fortalecer a reputação da organização.
– Impulsionar o diálogo com os principais públicos de interesse (acionistas,
consumidores, empregados, comunidade, etc.).
– Influenciar a cadeia de fornecedores a adotar práticas sustentáveis.
– Criar uma mentalidade de desenvolvimento sustentável entre os principais agentes de mudança (especialmente governos em todas as esferas, por meio da criação de políticas públicas).
– Atrair investidores.
– Fidelizar clientes e consumidores.
– Estimular o conhecimento e a inovação, por meio do desenvolvimento de pesquisas e novas tecnologias.
– Comparar o desempenho da organização com outras empresas.

Como fazemos isso?

Desenvolvemos soluções inteligentes

SISTEMA ON LINE DE GESTÃO DE INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE

– Coleta de dados.
– Análise de aderência aos protocolos.
– Treinamentos.
– Consultoria para aperfeiçoamento do processo (seleção de indicadores, eficiência na coleta, análise e qualidade das informações).

ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE (METODOLOGIA GRI)

– Definição de materialidade / Engajamento de stakeholders
– Projeto Editorial
– Redação

DESIGN GRÁFICO E WEB DESIGN

– Criação de projetos gráficos
– Diagramação
– Elaboração de sites institucionais / hotsites

contato@plataformasustentavel.com.br
+55 41 3089 0407

Por favor, preencha o seu Nome

Por favor, preencha o seu E-mail

Por favor, preencha a sua mensagem